Gestão da Pecuária Leiteira

A produção de leite é uma das atividades com maior impacto social e é por meio dela que o Projeto Gestão da Pecuária Leiteira (PGPL) ajuda a melhorar as condições de vida da família rural. Desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR Goiás) o projeto estimula o uso de técnicas simples, porém efetivas para melhorar a produção e aumentar a rentabilidade.

O produtor que participa do projeto passa a entender a atual situação de sua propriedade, recebe informações sobre como gerenciar o negócio, controlar as contas, produzir leite com baixo custo e de excelente padrão de qualidade.

Como funciona?

São formados grupos com 16 produtores que estejam interessados em melhorar seu desempenho na atividade. Os produtores participam de módulos com duração de 16 horas que tratam de temas como:

  • Módulo I - Planejamento e organização da atividade leiteira – 16 horas;
  • Módulo II - Sanidade e reprodução animal - 16 horas;
  • Módulo III - Alimentação e manejo no período seco - 16 horas;
  • Módulo IV - Qualidade do leite - 16 horas;
  • Módulo V - Cria e recria de fêmeas leiteiras - 16 horas;
  • Módulo VI - Alimentação e manejo no período chuvoso - 16 horas;
  • Módulo VII - Gerenciamento e controle da atividade leiteira - 16 horas;
  • 2ª Fase - Assuntos diversos - 8 horas;

Os módulos são aplicados nas propriedades dos participantes, em sistema de rodízio. Dias de campo, seminários e palestras também complementam o repasse de informações e transferência de tecnologia aos produtores.

Quem pode participar?

Produtores e trabalhadores rurais que estão atuando na atividade leiteira e queiram melhorar sua produtividade. A propriedade deve ter a sua renda principal oriunda da produção de leite.

A participação familiar é muito bem vinda no Programa Gestão da Pecuária Leiteira. Para se inscrever procure o Sindicato Rural do seu município ou região ou, então, entre em contato com o SENAR Goiás.

Mais informações: mbragan@senargo.org.br